Cadeeso: 60 anos de história

postado em: Notícias | 0
Cadeeso: 60 anos de história
Pastor Arnaldo Candeias, presidente da Cadeeso, ressaltou a importância do evento. | Foto: Secom/Cadeeso

“Nesta história não somos os protagonistas, mas sim, coadjuvantes”.

Entre os dias 15 a 18 de janeiro, a Convenção das Assembleias de Deus no Estado do Espírito Santo e Outros – CADEESO reviveu seus 60 anos de história durante a 113ª AGO – Assembleia Geral Ordinária, e 27ª EBO – Escola Bíblica de Obreiros, comemorando o Jubileu de Diamante da instituição.

Usando o lema “Nesta história não somos os protagonistas, mas sim, coadjuvantes”, os eventos dos 60 anos da Convenção aconteceram no templo da Assembleia de Deus em Aribiri, Vila Velha (ES), primeira igreja da denominação no estado, liderada pelo pastor Kemuel Sotero Pinheiro.

A solenidade de abertura contou com a entrada das bandeiras do Brasil, do Espírito Santo, dos municípios capixabas, da Convenção e suas coordenadorias. E contou com a participação da banda da Polícia Militar do Espírito Santo, sob a regência do tenente Marco de Oliveira.

O pastor José Wellington Costa Junior, presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB) foi recepcionado pelo pastor Pedro Lírio, 3º vice-presidente da Cadeeso e acompanhado até à sala da presidência da Cadeeso, onde se reuniu com o pastor Arnaldo Candeias e falou da satisfação de participar do evento: “A Cadeeso é a Convenção-Mãe das convenções das Assembleias de Deus aqui no Espírito Santo”, disse.

Cadeeso: 60 anos de história
Pastor José Wellington Costa Junior, presidente da CGADB. | Foto: Secom/Cadeeso

Preletores

Atuaram como preletores das plenárias e dos cultos os pastores José Wellington Costa Junior, presidente da CGADB; Ciro Sanches Zibordi (RJ); Kemuel Sotero Pinheiro (ES); Silas Daniel (RJ); Gilvan Rodrigues (PB); José Wellington Bezerra da Costa (SP) Danniel Rodrigo (ES); Sérgio Costa (RJ) e Nelson Lutchenberg (RO).

Louvor

No louvor abrilhantaram a festa os cantores Pr. Victorino Silva (RJ); Aline Martins (ES); Pr. Niltinho (ES); Daniela Silva (ES) e o Pr. Aloir Miranda (ES); além do Coral da Unemades e do Coral da Umades.

Cadeeso: 60 anos de história
O cantor, pastor Victorino Silva (RJ) cantou na solenidade de abertura. | Foto: Secom/Cadeeso

Eventos paralelos

– A 27ª EBO – Escola Bíblica de Obreiros enfatizou o tema “Unidade”, baseado no texto da Epístola do apóstolo Paulo aos Efésios, cap. 4, versículo 13. Durante a EBO os palestrantes apresentaram um panorama do conteúdo da epístola.

– O encontro da UNEMADES – União das Esposas de Ministros das Assembleias de Deus no Estado do Espírito Santo, destacou o tema “O perfil da mulher cristã nos dias atuais”. Entre as palestrantes estavam as irmãs Elena Maderi, Rose Maretto, Elizângela Muniz, Marta Azevêdo, Sara Campos e Valdicéia Souza. A Unnemades é presidida pela irmã Maria Ferreira Candeias, esposa do presidente da Cadeeso, pastor Arnaldo Candeias.

Homenagem aos ex-presidentes

Durante as comemorações a Mesa Diretora da Cadeeso homenageou os ex-presidentes:
Pr. Waldomiro Martins Ferreira (in memoriam), fundador, presidiu a Convenção no período de 1959 a 1970, foi representado por seu filho Pr. Levy Aguiar de Jesus Ferreira;
Pr. José de Souza Reis (in memoriam), presidiu a Convenção no período de 1971 a 1982, foi representado por seu filho Ev. Isaías Amador Reis;
Pr. Roque Ferreira Filho (in memoriam), presidiu a Convenção no período de 1982 a 1995, foi representado pelo pastor Altamir Firmino de Mattos;
Pr. José Bruno, presidiu a Convenção no período de 1986 a 1990 (como presidente interino durante o período de afastamento do presidente, pastor Roque Ferreira Filho, para tratamento de saúde;
Pr. Umberto Batista da Silva, durante o ano de 1995 após o falecimento do pastor Roque Ferreira Filho;
Pr. Jonas Francisco de Paula, presidiu a Convenção no período de 1996 a 1997;
Pr. Marinelshington da Silva, presidiu a Convenção no período de 1998 a 2003; e,
Pr. Oscar Domingos de Moura, presidiu a Convenção no período de dezembro de 2003 a 2017.

Medalha Nestor Gomes

A Cadeeso foi homenageada com uma comenda do Corpo de Bombeiros, a Medalha Nestor Gomes, que é concedida a autoridades e entidades com relevantes serviços prestados à sociedade. A comenda foi concedida ao presidente da Convenção, pastor Arnaldo Candeias, que representa a instituição fundada em 18 de outubro de 1959.

Cadeeso: 60 anos de história
O Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo homenageou a Cadeeso com a Medalha Nestor Gomes. | Foto: Secom/Cadeeso

 

O tenente-coronel do CBMES, Wagner Borges convidou o governador do estado, Renato Casagrande entregou a honraria ao presidente da Cadeeso. “É uma homenagem merecida. Parabéns pelo trabalho feito no lado espiritual no lado social, em muitos lugares no Brasil e fora do Brasil”, disse o governador.

Para o presidente da Cadeeso, pastor Arnaldo Candeias foi um momento de grande satisfação como ele mesmo expressou: “Para mim é uma satisfação muito grande. Reconheço que é a misericórdia de Deus para comigo. Eu agora completo 42 anos nessa mesa diretora. Nosso muito obrigado a Deus pelo o que ele fez e o que ele fará”, disse.

A Cadeeso também foi homenageada pelas Câmaras Municipais de Vila Velha e de Cachoeiro de Itapemirim.

Outras homenagens

Um momento marcante foi o descerramento de placa em homenagem à irmã Wanda Freire da Costa (In Memoriam), fundadora da União Nacional das Esposas de Ministros das Assembleias de Deus – UNEMAD. Em reconhecimento ao profícuo trabalho realizado, seu nome foi atribuído ao Plenário da União das Esposas de Ministros das Assembleias de Deus no Estado do Espírito Santo – UNEMADES, no edifício sede da Convenção, com a presença do pastor José Wellington Bezerra da Costa.

Cadeeso: 60 anos de história
Pastor José Wellington Bezerra da Costa participa da homenagem à irmã Wanda Freire da Costa (In Memoriam), fundadora da UNEMAD. | Foto: Secom/Cadeeso

 

Na ocasião a Associação Apascentar, criada pela Cadeeso há mais de 7 anos, foi reconhecida como de Utilidade pública pelo município de Vila Velha através da Lei nº 6.287 de 18 de janeiro 2020, que declara de utilidade pública a “ASSOCIAÇÃO BENEFICENTE E CULTURAL APASCENTAR”, entidade jurídica de direito privado, sem fins lucrativos, com finalidade assistencial, caritativa e cultural, presidida pelo pastor Walter Avelino.

Autoridades

A solenidade reuniu autoridades, entre elas, o governador do Estado, Renato Casagrande e a vice-governadora, Jacqueline Moraes. Além disso, o prefeito da capital – Vitória, Luciano Resende, o comandante geral do corpo de bombeiros, Alexandre Cerqueira e o diretor de comunicação do corpo de Bombeiros, coronel Carlos Wagner Borges, o prefeito de Vila Velha Max Filho, os deputados estaduais Fabrício Gandini e Euclério Sampaio; os vereadores Reginaldo Almeida, Patrícia Crizanto de Vila Velha, e Delande Macedo de Cachoeiro de Itapemirim, entre outros líderes e representantes políticos.

Canais de Comunicação

A Cadeeso, por meio da Secretaria de Comunicação, passa a estar mais perto dos ministros e membros das Assembleias de Deus no estado com a criação da Rádio Web que entrou no ar no primeiro dia do evento, funcionando 24 horas, e levando informações da mesa diretora e notícias das igrejas através de sua grade de programação. Além disso, a Cadeeso conta ainda com um portal de informações (www.cadeeso.com.br) e está nas redes sociais.

Consagração de Obreiros

 A noite de encerramento teve a participação do pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente da Convenção Fraternal das Assembleias de Deus no Estado de São Paulo (Confradesp) e do Conselho Administrativo da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD), que durante a pregação enfatizou a necessidade da unção e da autenticidade na vida do obreiro. Na ocasião foram consagrados e recebidos 103 novos ministros.

Cadeeso: 60 anos de história
Pastor José Wellington Bezerra da Costa, presidente de honra da CGADB, destacou a necessidade da unção e da autenticidade na vida do obreiro. | Foto: Secom/Cadeeso

Presidente da Cadeeso

Conhecido como homem de paz, conselheiro, amigo, cortês, simples, e ponderado, o pastor Candeias é casado com a irmã Maria Ferreira Candeias, e lidera a Assembleia de Deus em São Torquato, Vila Velha (ES) desde 1982. Mas a carreira ministerial do pastor Candeias teve início em 1964 como diácono, sendo no ano seguinte separado para presbítero. Seu ingresso na CADEESO ocorreu em 1970 quando foi consagrado para o ministério de evangelista; sete anos depois foi ordenado ao pastorado.

Durante solenidade de descerramento de placa alusiva ao jubileu de diamante, o atual presidente da Cadeeso pastor Arnaldo Candeias contou que o pastor Waldomiro Martins Ferreira, fundador da Cadeeso, também faz parte de sua história: “Fui batizado nas águas do rio de Santa Leopoldina, pastor Waldomiro Martins Ferreira, que também realizou a cerimônia do meu casamento com a Maria e depois me separou para o diaconato em 1964”, relatou o pastor Candeias.

Fonte: Seara News via Secom Cadeeso

Avatar

Secretário de Comunicação da CADEESO, Cidadão Vilavelhense, natural de Magé (RJ), teólogo, pastor auxiliar na Assembleia de Deus Ministério de Cobilândia, autor do livro "Você Tem Valor". Jornalista, editor da Revista Seara News e do Portal Seara News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *